Sony atende reivindicações e anula greve de industriários

MANAUS – A direção da Sony do Brasil Ltda. aceitou as reivindicações dos trabalhadores durante reunião na tarde de ontem (3) com o Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas e pôs fim ao indicativo de greve anunciado pela categoria. Aproximadamente 80% dos funcionários ameaçavam paralisar as atividades.

Nesta quarta-feira, funcionários da empresa haviam aprovado movimento grevista durante assembleia. Nas reivindicações, restituição do auxílio creche aos funcionários, extensão da assistência médica aos dependentes, fim do desvio de função. Caso a empresa não aceitasse as solicitações as atividades seriam paralisadas na segunda-feira (8).

A Sony Brasil informou, em nota, que das 16 reivindicações apresentadas pelos trabalhadores, 13 já estão sendo atendidas.

O diretor do Sindicato, Sidney Malaquias, confirmou que as reivindicações foram aceitas pela empresa, durante assembleia na sede do Sindicato, na Praça 14, zona Sul. – A Sony já assinou o acordo sobre a questão do auxílio creche e sobre a assistência médica aos dependentes. Por isso, o movimento de greve foi suspenso -, informou Malaquias nesta manhã ao Portal Amazônia.

De acordo o diretor, a implantação de ginástica aos funcionários e lanche também serão atendidos pela Sony. Ele informou que a empresa pediu prazo de 30 dias para solucionar questões de logística para disponibilizar lanche aos colaboradores da empresa.

Hoje, 1150 funcionários trabalham na empresa. Segundo a secretaria geral da Sony, Dulce Rodrigues Sena, a empresa disponibilizava apenas 71 vagas para creches. – Os trabalhadores reivindicavam que o número de vagas não seja limitado e que a empresa disponibilize a quantidade necessária para atender os funcionários que necessitam do auxílio-, disse. Ela informou que 46 pessoas aguardavam por uma vaga na lista de espera.

Em relação à questão do desvio de função, Dulcy explicou que por conta da crise econômica mundial, a empresa reduziu o seu quadro e alguns funcionários acabaram acumulando funções sem acréscimo no salário. – Mesmo com as melhorias no mercado não houve contratação e acarretou em desvio de funções-, explicou a secretária.

Matéria originalmente publicada no http://www.portalamazonia.com

Advertisements

Deixe um comentário

Filed under notícias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s